Home CULTURA Diversos Brazil Cinefest Int´l Film assina com a distribuidora americana SMG

Brazil Cinefest Int´l Film assina com a distribuidora americana SMG

0

Ganhadores do Emmy e outros grandes prêmios são destaque em festival de cinema carioca

A 9ª edição do Brazil Cinefest Int´l Film Festival acontece entre 11 e 13 de dezembro deste ano, na Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM) e na Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro. O evento, desde 2011, vem se destacando por sua rigorosa seleção de filmes, que são avaliados e selecionados pensando em sua trajetória no mercado audiovisual e sobrevida.

O Festival acaba de assinar contrato de agenciamento com a gigante americana SMG Films, considerada uma das maiores distribuidoras de filmes independentes, que aposta em produção cinemáticas de todos os países, sem distinção de idioma e origem. O Festival de cinema anuncia a seleção oficial de 2018 apostando em obras ganhadoras de grandes festivais e que possuem os requisitos necessários para qualquer competição internacional.

“Muitos filmes são bons, tem ideias criativas, narrativa bem construída, mas quando se avalia a parte técnica, o filme acaba ficando de lado. Esse é o problema de muitos filmes nacionais e de cineastas ainda com vida fresca. Outra questão é o tempo do filme. Muitos não se enquadram no que chamamos curta, nem longas. Ficam aqui, no limbo entre uma coisa e outra.”, comenta João Rocha,  idealizador do Festival.

Os destaques desta edição são os filmes America, de Mary Lou Belli, ganhadora de dois Emmys; o curta iraniano Limit, dirigido por Javad Daraei; e o longa brasileiro A Glória e a Graça, dirigido por Flávio Tambellini, que aborda o universo de uma transexual vivida pela atriz Carolina Ferraz. Outros títulos exibidos também abordam temas importantes como: O Demônio de Maxwell, que trata do assédio sexual dentro de casa e suas consequências psicológicas; o curta Chickens sobre racismo; e VIEW sobre a loucura e obsessão nas redes sociais.

O longa A Glória e a Graça, que abre o Festival, é um dos filmes mais premiados do ano. Ele ganhou no Canadá, EUA e Índia, além do prêmio SESC, LABRFF e Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Recebeu também prêmios de direitos humanos de associações LGBTI+ muito importantes, como a ASTRA Rio e a APOLGBT.

“Eu diria que esse filme levanta uma discussão cada vez mais relevante na nossa sociedade, e que ao inserir uma travesti não marginalizada como base de uma família, desconstrói o conservadorismo da família tradicional, mostrando que o mundo caminha para frente. A inserção das travestis e transexuais na nossa sociedade precisa ser amplamente discutida, principalmente porque o Brasil é hoje o país que mais mata cidadãos da comunidade trans no mundo.”, comenta  Mikael de Albuquerque, roteirista do filme.

O Festival inicia no dia 11/12 com sessão de filmes para jurados e, no dia 12/12, haverá  mostra infantil, com exibições públicas, mostra competitiva de curtas, videoclipes e a cerimônia com apresentação musical da atriz e cantora Gabi Borba, acompanhada do ator e cantor Guilherme Gonçalves, na Cinemateca do MAM. Após, haverá exibição do filme A Glória e a Graça, ganhador de melhor roteiro no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2018, finalizando com coquetel ao som do DJ Vitín. No dia 13/13, haverá exibições de mostra infantil, curtas brasileiros e estrangeiros, e dos filmes Hungry Eyes, de Begum Ceyda Cakaloglu; e Cidade do Sol, de Guto Aeraphe. Após a exibição, acontece o encerramento com coquetel na Universidade Santa Úrsula. Toda a programação terá entrada gratuita.

A proposta do Brazil Cinefest é ser uma vitrine de intercâmbio, em que produções nacionais possam ser enviadas para qualquer parte, para qualquer festival ou distribuidora. Segundo o cineasta João Rocha, idealizador do evento, os critérios no mercado estão ficando cada vez mais rigorosos, e os produtores precisam se ater a esses fatos.

O Festival já indicou filmes, por meio do curador João Rocha, também na época, diretor do Tempo Glauber, Instituição credenciada para indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, conseguindo emplacar alguns finalistas e vencedores, entre eles: Flerte, de Hsu Chien; Laura, de Thiago Valente; e Entre Muros, de Adriana Tenório.

O inverso também acontece com os filmes estrangeiros. São mais de 600 filmes, entre 4 plataformas digitais de envio. Muitos já se destacam por chegarem já com grandes prêmios como é o caso do documentário Wild Awake Dreaming, da brasileira Mariana Keller, ganhador do Emmy; e America, de Mari Lou Belli, ganhador de 2 Emmys.

O CINEPLANETA, Sociedade Viva Cazua, Escolas Públicas da Prefeitura do Rio e outras instituições levarão mais de 100 crianças, jovens estudantes, e seus familiares para as sessões de filmes infantis.

 

SERVIÇO:

Evento: Brazil Cinefest Int´l Film Festival.

Período: 11 a 13/12 de 2018.

Local: Cinemateca do MAM e Universidade Santa Úrsula.

Programação completa: http://www.brazilcinefest.com/

#brazilcinefest @brazilcinefest

Facebook: brazilcinefest

 

Veja mais artigos
Load More In Diversos

Verifique também

Coletivo Lança oferece oficinas online para artistas

Da produção à divulgação. Algumas das principais ferramentas para tirar o projeto do papel…