Home CULTURA Diversos Secretaria Municipal de Cultura inicia a campanha Paixão de Ler

Secretaria Municipal de Cultura inicia a campanha Paixão de Ler

0

Evento literário recebe autores em debates e contação de histórias de 17 de outubro a 11 de novembro

A Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Cultura, lança nesta quarta-feira, dia 17 de outubro, a 26ª edição do Paixão de Ler, campanha de incentivo à leitura e promoção da literatura. De 17 de outubro a 11 de novembro, o público vai mergulhar num universo de histórias, temas e reflexões em uma programação com mais de 100 atividades, entre oficinas, exposições, debates, saraus, contação de histórias, palestras e encontros com escritores. Com agenda para crianças e adultos, a programação é inteiramente gratuita e será realizada em bibliotecas e equipamentos culturais da Secretaria Municipal de Cultura.

O tema da 26ª Paixão de Ler é  “Trilhas Literárias – Identidades Culturais”, que valoriza a diversidade cultural e a preservação da memória e dos patrimônios culturais brasileiros. O público poderá trocar experiências com tribos indígenas, aprender sobre a cultura cigana, samba e carnaval, história e cultura afro-brasileiras, entre outros temas. Debates contemporâneos, como o combate à pedofilia e a recuperação de dependência química também estão entre os temas a serem abordados em bate-papos com autores. A literatura infanto-juvenil e para adultos estarão presentes nas diversas atividades.

Entre os autores que participarão das atividades da campanha estão nomes como Luiz Antônio Simas, Anderson Baltar, Fabio Fabato, Elias Fajardo, Susana Fuentes, Carlito Azevedo, Abhay Zukoski, Rubens Figueiredo, Thais Linhares, Ninfa Parreiras, Ana Prestes, Laura Maffei e Anna Claudia Ramos.

A lista completa de atividades pode ser conferida no site http://www.rio.rj.gov.br/web/smc/. Confira a seguir toda a programação e os respectivos serviços:

 

17 de OUTUBRO

OFICINA DE QUADRINHOS MEU TERRITÓRIO – Oficina direcionada para crianças e jovens, com o objetivo de estimulá-los a criar desenhos e narrativas. Quarta-feira, 17/10, às 10h, no Centro Cultural Municipal Professora Dyla Sylvia de Sá – Rua Barão, 1180, Praça Seca.

EXPOSIÇÃO DE TELAS: pintura a óleo e acrílica – Exposição dos trabalhos dos alunos do Curso de Pintura em tela. Quarta, 17/10, às 14h, na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo). Rua Farani, 53.

QUE SE CHAMAVA CARNAVAL – Um debate sobre o samba no meio literário tendo como participantes os jornalistas Anderson Baltar e Fabio Fabato, e Luiz Antônio Simas, autores de livros sobre o tema, e grandes conhecedores do samba e seus espectros, em especial no que diz respeito ao Carnaval de escolas de samba do Rio de Janeiro. Quarta-feira, 17/10 às 15h. Centro de Artes Calouste Gulbenkian. Rua Benedito Hipólito 125, Praça XI.

OFICINA DE RECREAÇÃO DE MEMÓRIA – Projeto pedagógico que visa mobilizar, através da leitura, o conhecimento e o bem estar, valorizando a autoestima do participante capacitando-o à motivação física-emocional-cognitiva ativando a saúde de sua memória. Quarta, 17/10, às 14h na Biblioteca Marques Rebelo (Tijuca) – Rua Guapeni, 61.

OFICINA A MAGIA DE CONTAR HISTÓRIAS – Formação de Contadores de histórias – Tema Valor terapêutico das histórias. Quarta, 17/10, às 14h na Biblioteca Escolar Municipal do Engenho Novo – Agripino Grieco – Rua 24 de maio, 1305.

SARAU BELA OESTE – Encontro com autores da Zona Oeste do Rio de Janeiro, propondo como tema falar das belezas e pontos positivos da Região mais populosa da cidade. Têm como foco reunir textos das mais variadas linguagens literárias para enaltecer a região onde nasceram grandes personalidades. Os autores, que começaram na Festa Literária da Zona Oeste, voltam a se reunir para falar bem, escrever e decantar a região onde vivem. Quarta-feira, 17/10, na abertura da 26ª Campanha Paixão de Ler, às 10h, na Biblioteca Euclides da Cunha (Ilha do Governador) Praça Danaides s/nº, Cocotá.

18 de OUTUBRO

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS: UMA EXPRESSÃO ALÉM DO DOM – Oficina  direcionada para o público adulto, cujo objetivo é entender algumas definições do que é e o que não é contação de histórias e encontrar um caminho de autoconhecimento que leve à sua forma de narrar, além de perceber através de atividades teóricas e práticas algumas informações importantes para o momento da narração. Quinta-feira, 18/10, às 14h, no Espaço de Leitura Abgar  Renault – Rua Afonso Cavalcanti, 455, sala 251, Cidade Nova.

CÍRCULO DE BIBLIOTERAPIA: UM ESPAÇO DE CUIDADO – Encontro para, a partir da leitura de textos literários – contos, poesias, literatura infantojuvenil, propiciar o contato com a imaginação e as emoções, produzindo um efeito terapêutico de bem estar, de estranhamentos e percepções, levando os participantes a uma reflexão sobre si mesmos e ao compartilhamento de suas dificuldades e alegrias, mobilizado pela afetividade. Público alvo: adultos. Quinta, 18/10, às 14h, na Biblioteca Annita Porto Martins (Rio Comprido). Rua Sampaio Viana, 357.

ENCONTRO DE POESIA – Encontro de poetas da comunidade para ler e interpretar suas próprias criações ou de outros autores – Quinta, 18/10, às 15h, na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo). Rua Farani, 53.

PALESTRA AGENDA 2030: ODS, CIÊNCIAS E LEITURA PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE SUSTENTÁVEL – conceitos básicos de leitura e literacia digital; demonstração de appbooks e a interação possível do livro em papel e da ficção digital e estímulo aos participantes para que construam ações e contribuam no desenvolvimento da agenda 2030. Participação de Benita Prieto e Pedro Luiz Fernandes. Público: professores, educadores, bibliotecários, promotores de leitura e gestores da área de educação em parceria com a SME/RJ, Gerencia de Leitura e Audiovisual. Quinta, 18/10, às 14h, na Escola Municipal Alencastro Guimarães – Rua Tonelero, 2121 – Copacabana.

EXERCÍCIO PRÁTICO DE LIBERTAÇÃO DE HISTÓRIAS – Oficina de Expressões criativas que realizará um exercício lúdico e simples, mostrando que qualquer pessoa é criativa e criadora. Quinta-feira, 18/10, às 14h, na Biblioteca João do Rio ( Irajá) – Avenida Monsenhor Félix, 512.

O DIÁLOGO ENTRE TEXTO E ILUSTRAÇÃO NOS LIVROS PARA CRIANÇAS – Mesa com os ilustradores Rui de Oliveira e Salmo Dansa, mediada pela escritora Flávia Côrtes. Uma conversa sobre: como nasce um livro ilustrado; sobre se as imagens de um livro infantil devem representar exatamente o que está descrito no texto ou o ilustrador, como artista que é, pode também dar asas à imaginação; sobre ilustrações que contam uma história diferente da que está no texto; qual a importância das imagens nos livros infantis e, afinal, para que servem as ilustrações. Quinta-feira, 18/10, às 10h. Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53

DIVERCIDADE TRILHAS CULTURAIS – O RIO DE JANEIRO QUE NOS IDENTIFICA LITERARIAMENTE – Um encontro de histórias, leituras e literaturas que na cidade do Rio de janeiro tiveram sua inspiração, identidade e produção. Com o escritor maranhense Manoel Herculano, Izabela de Jesus representando sua mãe, a atriz Chica Xavier e com Maria Inês, moradora de rua e que, como mulher negra, tem seu espaço na literatura e sua poesia escrita e falada. Mediação de Alexandra Silva. Quinta-feira, 18/10, às 14h. Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá – Rua Barão 1.180, Praça Seca (Jacarepaguá)

 

19 DE OUTUBRO

CIRANDA DE HISTÓRIAS – Narração de histórias com uma sombrinha de frevo. Os participantes interagem anunciando a atividade: contos, adivinhas ou cantigas. Sexta-feira, 19/10 às 10h e às 13h. Espaço de leitura Fernando Sabino (Santa Cruz) – GUANDU, Praça do Lote 219, Santa Cruz (Lona Cultural Municipal Sandra de Sá).

UM MERGULHO NAS IDENTIDADES: CULTURA E A PRODUÇÃO DE NOVOS CONHECIMENTOS ATRAVÉS DE CULTURAS DIFERENCIADAS – Roda de leitura abordando a identidade cultural. Reflexão sobre como a nossa identidade cultural é influenciada pela etnia, história, idioma, nacionalidade – Sexta, 19/10, na Biblioteca Escolar Municipal do Grajaú – Clarice Lispector – Rua José Vicente, 55.

MEDIAÇÃO LITERÁRIA: TEXTOS E CONTEXTOS – Oficina de mediação de leitura destinada a adolescentes e adultos, que objetiva oferecer uma vivência sobre mediação de leitura e seus atravessamentos. Sexta-feira, 19/10, às 14h, na Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga ( Campo Grande) – Praça Thelmo Gonçalves Maia s/nº.

JOSÉ CASTELLO E SÍLVIO BARSETTI: CRÔNICAS DO RIO REFLETINDO A IDENTIDADE LITERÁRIA NACIONAL – Encontro que reunirá dois grandes nomes da literatura brasileira atual, de forma presencial e virtual, para repensar a cidade do Rio como polo de cultura e literatura contemporânea. Debate sobre a importância da literatura carioca na identidade nacional, formação de novos leitores, o papel da crítica literária no cenário atual, a crônica como gênero literário da identidade carioca e a literatura em diversas mídias: jornal, livros e meios digitais. Sexta-feira, 19/10, às 14h, na Biblioteca Marques Rebelo (Tijuca) – Rua Guapeni 61.

SARAU CULTURAL CONCERTO DE POESIA – Leitura de poemas por poetas contemporâneos, seguida de debate acerca do estilo, vida, obra e preferências de autores convidados. Grandes nomes da poesia contemporânea do Rio de Janeiro, Elias Fajardo, Susana Fuentes e Carlito Azevedo, reunidos em um evento que pretende retirar a poesia do livro e dar a ela o tratamento que sua linguagem merece. Vão  falar de suas obras, conversar com o público sobre o seu processo de criação e ler seus textos. Sexta feira, 19/10, às 15h. na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53.

 

20 de OUTUBRO

VIAGEM AO MUNDO DO D. QUIXOTE OU VAMOS LER OS CLÁSSICOS? – Roda de Leitura onde, a partir da leitura de trechos da obra de Cervantes, o público será conduzido pelo leitor-guia à Espanha pós-medieval e ficará conhecendo mais e melhor a obra cervantina. Sábado, 20/10 às 10h e 13h. Biblioteca José de Alencar (Santa Teresa) Rua Monte Alegre, 306 (Centro Cultural Laurinda Santos Lobo).

 

21 de OUTUBRO

SANDUÍCHE DE LIVRO – Teatro recheado de literatura e música em formato de sanduíche. Tia Bisbilhoteca, a mediadora de leitura, é a personagem que vive bisbilhotando Espaços de Leitura para descobrir livros e transformá-los num novo “sanduíche de livro” a ser devorado pelo público infantil. É também uma mestre-cuca que ativa o desenvolvimento cognitivo infantil através de suas receitas fabulosas. Utiliza bonecos de luva, de vara, de manipulação direta, máscaras e outros objetos cênicos. Domingo, 21/10, às 10h e às 14h.  noCentro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá – Rua Barão, 1180 – Praça Seca.

 

22  DE OUTUBRO

HISTÓRIAS DE BICHOS DO MATO – Contação de histórias populares ao som de viola caipira. Segunda-feira, 22/10, às 10h e às 14h, no Espaço de leitura Abgar Renault (Centro Administrativo São Sebastião – CASS) Rua Afonso Cavalcanti 455, sala 251, Cidade Nova (No prédio da Prefeitura).

SOCIEDADE SECRETA DOS TAMBORES BANTUS – Contação de história, mesclando ficção com a história afro decente no Brasil, que tem grande relevância no cenário do ativismo negro e na transmissão do conhecimento no contexto da estética da “griotagem” (interpretação e contação de história do povo africano). Segunda-feira, 22/10, às 10h e às 14h, no Espaço de leitura Fernando Sabino (Santa Cruz) – GUANDU, Praça do Lote 219 (Lona Cultural Municipal Sandra de Sá).

RODA DE CONVERSA: AFETIVIDADE NOS PROCESSOS CRIATIVOS DA LITERATURA – A escritora Janine Rodrigues aborda a importância da afetividade no processo criativo e o encontro com a ilustradora do livro, a artista plástica Luciana Nabuco. Ambas conversarão sobre a importância e necessidade de troca de olhares, de saberes não só sobre os gostos estéticos, dos sonhos e inspirações que motivaram a escrita e sobre a representação dos elementos simbólicos nas histórias. Segunda-feira, 22/10, às 14h, na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53.

 

23 DE OUTUBRO

LIMA E JOÃO – Roda de leitura em que serão apresentadas as biografias resumidas dos escritores Lima Barreto e João do Rio e, em seguida, serão lidos contos dos autores, evidenciado as relações dos autores com as ruas do Rio de Janeiro, as conexões com a geografia da cidade e a apresentação de painel do cotidiano carioca do início do século XX, pelo olhar dos dois autores. Terça-feira, 23/10, às 10h e às 13h, na Biblioteca João do Rio (Irajá) Avenida Monsenhor Félix 512.

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS: A CAPACITAÇÃO DE AGENTES PROMOTORES DE LEITURA ATRAVÉS DA LINGUAGEM DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS – Oficina direcionada a adolescentes e adultos, que, através de jogos teatrais e técnicas de contação de história será capacitado para ser mediador de leitura. Terça-feira, 23/10/2018, às 14h, no Centro de Artes Calouste Gulbenkian – Rua Benedito Hipólito 125, Praça XI.

LER, CONTAR E ENCANTAR COM HISTÓRIAS – Oficina de contação de histórias direcionada a adultos que tenham o interesse em refletir e promover a ação de contar histórias para crianças e bebês. Terça-feira, 23/10, às 10h. Centro Cultural Municipal Professora Dyla Sylvia de Sá –  Rua Barão, 1180 – Praça Seca.

OFICINA LITERÁRIA (PROSA E VERSOS) COM O ESCRITOR LUÍS PIMENTEL –  Oficina destinada a escritores iniciantes ou candidatos a escritores – ou mesmo àqueles que desejam, apenas, adquirir uma boa formação sobre a prática literária e aumentar os seus conhecimentos sobre a literatura brasileira e universal, conhecendo a obra dos seus principais representantes. Terça-feira, 23/10 às 14h. Biblioteca Cecília Meireles ( Jacarepaguá) – Praça Geraldo Simonard s/nº, Praça do Barro Vermelho (Lona Jacob do Bandolim).

RIO VASTO RIO: O ALARGAMENTO DO TERRITÓRIO DA CRÔNICA – Encontro literário com mesa de debates sobre a possibilidade de ampliação do território da crônica carioca na nova literatura; se existe um deslocamento de foco no território da crônica; passando de um Centro e Zona Sul idealizados por grandes autores e sobre qual o papel dos eventos literários no estabelecimento de uma cultura de território suficientemente pujante para fazer migrar tais saberes para a página dos livros. Com os escritores e jornalistas Marcelo Moutinho e Leonardo Bruno. Tradução em LIBRAS. Terça-feira, 23/10, às 14h, na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53.

 

24 DE OUTUBRO

CONTOS DE HUMOR –Apresentação de contação de histórias com o narrador Augusto Pessôa apresentando textos do escritor e dramaturgo Artur Azevedo para jovens e adultos (a partir dos 16 anos). Quarta-feira, 24/10, às 10h e às 13h, na Biblioteca João do Rio (Irajá) Avenida Monsenhor Félix 512.

AMARÉ – Contos do Mar – Contação de histórias que reúne três histórias do mar: a crônica “O Mar” de Rubem Braga,  na qual um menino esquece a sua identidade ao crescer e esquecer da emoção de se encontrar pela primeira vez com o mar; o conto “A Pequena Sereia” de Hans Christian Andersen, e a canção “Suite dos Pescadores” de Dorival Caymmi, que mostra a realidade cultural de quem vive na beira no mar esperando que tudo ocorra bem. Quarta-feira, 24/10, às 10h e às 13h, no  Espaço de leitura Jorge Amado (Maré) Rua Ivanildo Alves, s/nº, Complexo da Maré (dentro da Lona Cultural Municipal Herbert Vianna).

OFICINA ESCREVIVÊNCIA – Essa oficina tem como objetivo trabalhar o quanto é importante resgatar nossas memórias e escrever nossas histórias, para não se perderem no tempo. A oficina é direcionada para mulheres de 25 a 45 anos. Quarta-feira, 24/10, às 14h. Biblioteca José de Alencar ( Santa Teresa) – Rua Monte Alegre, 306.

 

25  DE OUTUBRO

TÁ NA HORA DA HISTÓRIA! – Sessões de contação de histórias infanto-juvenis e leituras dramatizadas com obras de autores que viveram pelas ruas e realidades do Rio de Janeiro, como Clarice Lispector, Rubem Fonseca e o poeta Manuel Bandeira. Quinta-feira, 25/10 às 10h e às 14h, no  Espaço de leitura Abgar Renault (Centro Administrativo São Sebastião – CASS) – Rua Afonso Cavalcanti 455, sala 251, Cidade Nova (No prédio da Prefeitura).

RODA DE CANTO E POESIA – Apresentação artística com apresentação de canções ou poemas, com a participação do público. Quinta, 25/10, às 13h30 na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo). Rua Farani, 53.

CÍRCULO DE BIBLIOTERAPIA: UM ESPAÇO DE CUIDADO – Encontro para, a partir da leitura de textos literários – contos, poesias, literatura infantojuvenil, propiciar o contato com a imaginação e as emoções, produzindo um efeito terapêutico de bem estar, de estranhamentos e percepções, levando os participantes a uma reflexão sobre si mesmos e ao compartilhamento de suas dificuldades e alegrias, mobilizado pela afetividade. Público alvo: adolescentes (alunos de Escola Municipal). Quinta, 25/10, às 14h, na Biblioteca Annita Porto Martins (Rio Comprido). Rua Sampaio Viana, 357.

ESPELHO DA MEMÓRIA – Oficina destinada a adultos, que busca abordar o resgate de memórias e incentivar o prazer pela leitura, através das memórias contadas por cada participante. Quinta-feira, 25/10, às 10h. Biblioteca Annita Porto Martins (Rio Comprido) – Rua Sampaio Viana, 357.

A HISTÓRIA POR TRÁS DA HISTÓRIA – Bate-papo com a escritora Flávia Côrtes, sobre como nascem as histórias para seus livros, quais foram suas inspirações, de onde veio a ideia inicial, o que há de real e inventado em cada narrativa. Quinta-feira, 25/10 às 10h. Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá. – Rua Barão, 1180 – Praça Seca.

ENCONTRO COM EDNA BUENO: MARES E LEITURAS EDNA MARIA DE LOPES BUENO – Uma conversa sobre leitura a partir do livro “A Ingrid ver o mar” de Edna Bueno, e ilustrações de Suppa. Quinta-feira, 25/10 às 10h.  Espaço de leitura Jorge Amado (Maré) Rua Ivanildo Alves, s/nº, Complexo da Maré (dentro da Lona Cultural Municipal Herbert Vianna)

 

26 DE OUTUBRO

ESPETÁCULO BELEZA NEGRA – Contação com o tema da “união dos povos”, um dos temas mais contemporâneos e reivindicados no sistema educacional mundial, combatendo a discriminação e conscientizando que o Brasil é um país multiétnico, ressaltando e homenageando as grandes personalidades negras da história nacional e mundial. Sexta-feira, 26/10, às 10h e às 13h, na Biblioteca José Bonifácio (Gamboa) Rua Pedro Ernesto, nº 80 (Centro Cultural José Bonifácio).

PEQUENINOS POVOS ORIGINAIS – Contação de  histórias da mitologia indígena da Tribo Bororo, e cantigas da Tribo Nukini. Sexta-feira, 26/10, às 10h e às 13h na  Biblioteca Volante (Administrativo na Biblioteca João do Rio – Irajá)

DEDO DE PROSA – CONTOS PARA ADULTOS – Apresentação de contos populares que trazem reflexões sobre afeto, amor, coragem e confiança. As histórias selecionadas para essa apresentação são O Mascate de Swafham, na versão que se encontra no livro “Histórias de Encantamento” do autor Hugh Lupton, da editora Martins Fontes; O Leão Irritado, versão do livro “Contos e Lendas Orientais” de Malba Tahan, O rato medroso e o Pajé, que está no livro “As Fabulosas Fábulas de Iauaretê”, de Kaká Werá, da Editora Peirópolis e o livro Guilherme Augusto Araújo Fernandes, do livro homônimo de Mem Fox e Julie Vivas. Sexta-feira, 26/10, às 10h e às 13h, na Biblioteca Cecília Meireles (Jacarepaguá) – Praça Geraldo Simonard s/nº, Praça do Barro Vermelho (Lona Jacob do Bandolim).

BORDANDO A VIDA – Oficina de bordado e poesia destinada a pessoas de qualquer idade, cujo objetivo é bordar frases, versos e poemas do autor Machado de Assis, em juta, com materiais e linhas de chita. Os materiais de bordado serão levados pela ministrante, sem custos para os participantes. Sexta-feira, 26/10, às 14h. Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53.

LENDÁRIO POÉTICO DO CORDEL – Retira das páginas dos folhetos de autores consagrados e novos autores, poemas para serem interpretados teatralmente. Tem como proposta fundamental a integração de crianças e jovens com a POESIA DE CORDEL, ampliando o acesso ao universo literário motivado por ela e com isso construir uma relação diferenciada com a linguagem e, consequentemente, tornar-se leitor e autor de textos competentes. Sexta-feira, 26/10 às 14h, na Biblioteca Annita Porto Martins (Rio Comprido) Rua Sampaio Viana 357.

 

27 DE OUTUBRO

KAZOO -A Roda de histórias com enfoque na expressão física. Uma metodologia para a fabulação, com corpo e voz em função da narração que possibilitam imagens poéticas que ilustram as histórias. Segunda-feira, 05/11, às 10h e às 13h, na Biblioteca Euclides da Cunha (Ilha do Governador) Praça Danaides s/nº, Cocotá.

O CORTIÇO. BRASIL SEC XIX A SEC XXI, UMA HISTÓRIA QUE AINDA NÃO PASSOU– Leitura dramatizada do texto adaptado do romance naturalista de Aloísio Azevedo. Sábado, 27/10 10h e às 14h. Biblioteca Marques Rebelo (Tijuca) Rua Guapeni 61,Tijuca.

ESCRIVIVÊNCIAS: ESCRITA CRIATIVA PARA PRODUÇÃO LITERÁRIA – Laboratório de escrita criativa, que objetiva trazer a tona memórias e experiências do cotidiano através da escrita literária. Sábado, 27/10, às 10h. Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53.

 

 

30 DE OUTUBRO

A RELAÇÃO COM O RIO NA LITERATURA DE RUBENS FIGUEIREDO -Encontro com autor renomado, premiado e reconhecido a fim de estimular leitores e também jovens escritores, mediado pelo jornalista Rodolfo Abreu. Terça-feira, 30/10, às 14h, na  Biblioteca João do Rio (Irajá) Avenida Monsenhor Félix 512.

LEITURA DRAMATIZADA: PAQUETÁ EM PROSA E VERSO – Resgate do encantamento de poetas e escritores que eternizaram a Ilha de Paquetá em poesia, romances, contos, crônicas e canções. Compartilhamento de textos favoritos do acervo paquetaense da Biblioteca Escolar Municipal (BEM) de Paquetá – Joaquim Manoel de Macedo, pelo Ateliê Literário Katia Pinno. Terça, 30/10, às 14h, na BEM de Paquetá – Rua Adelaide Alambari, 41.

DO FUNDO DO POÇO À RECUPERAÇÃO – O Projeto da autora Laura Maffei consistirá em apresentar seu livro como instrumento de prevenção e tratamento da dependência química, elucidando dúvidas e fazendo a prevenção de forma eficaz e descontraída. A autora, dependente química em recuperação há 21 anos é pedagoga com vasta experiência em tratamento e prevenção na base escolar. A abordagem é despreconceituosa, informal e  elucidativa, levando o público a uma reflexão sobre o tema, suas consequências e a importância de sua participação como multiplicador de prevenção na sociedade. Terça-feira, 30/10, às 14h, na Biblioteca Annita Porto Martins (Rio Comprido) Rua Sampaio Viana 357.

ENCONTRO DE GENTILEZAS -Traz a proposta de integrar a literatura com a promoção de gentilezas no cotidiano da cidade do Rio de Janeiro, que vem sofrendo visceralmente com a violência urbana. Apresenta o jovem escritor Abhay Zukoski, autor do livro GENTILEZAS, que traz relatos de várias experiências vividas na cidade que reverberam a importância da solidariedade, das gentilezas diárias. Como cadeirante, relata suas vivências positivas em praças da cidade, em trens e ônibus, bem como em ambientes culturais como antiquários e teatros. No encontro entre autores, Josué Soares, autor do texto do espetáculo POR GENTILEZA, apresenta a importância de atitudes de gentileza sob o viés do Profeta Gentileza pela Palavra e Iconografia que interfere não só na identidade visual do Rio de Janeiro, bem como em sua cultura e comportamento. Terça-feira, 30/10, às 14h. Biblioteca Cecília Meireles (Jacarepaguá) – Praça Geraldo Simonard s/nº, Praça do Barro Vermelho (Lona Jacob do Bandolim).

OKAN, A CASA DE TODOS NÓS NARRATIVAS E ILUSTRAÇÕES AFRO-BRASILEIRAS – Contação de história que fala da importância da memória, da identidade e leva a questionar sobre os valores humanos de pertencimento, o lugar de origem. Terça-feira, 30/10,  às 10h e às 13h, no Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá – Rua Barão, 1180 – Praça Seca.

HISTÓRIAS DA ÁFRICA PARA CRIANÇAS – OGUM IGBO IGBO E O REI MOCHO –Narração de dois livros infantis que trazem contos da literatura oral africana, com figurinos que utilizam tecidos variados e materiais reutilizados e reciclados, remetendo aos países de origem das histórias narradas. Terça-feira, 30/10, 14h, na Biblioteca José Bonifácio (Gamboa) Rua Pedro Ernesto, nº 80 (Centro Cultural José Bonifácio).

DR GRIOT – RECONTANDO A HISTÓRIA NARA BARCELLOS  – Com intuito de promover a paz, o conhecimento ampliado, a paixão pela literatura e levar a cultura nacional para crianças, o projeto conta a nossa história através de mitos nacionais e contos africanos numa viagem ao tempo, estimulando a imaginação, a curiosidade e incitando as crianças a verem literatura como um instrumento para todo fim. Terça-feira, 30/10 às 10h e às 13h. Biblioteca Volante (Administrativo na Biblioteca João do Rio – Irajá).

 

31 DE OUTUBRO

ÁFRICA E AFRODESCENTES NA LITERATURA INFANTOJUVENIL – Palestra do autor Júlio Emílio Braz sobre sua obra voltada tanto para a divulgação da cultura africana quanto do cotidiano dos afrodescendentes na sociedade brasileira. O evento envolverá a abordagem de múltiplos aspectos atinentes à discussão do tema, valendo-se de várias obras do autor. Quarta-feira, 31/10 às 14h, na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53.

SARAU DAS QUARTAS – Encontro com escritores, poetas, cordelistas com “degustação” de fragmentos de poesias, com a leitura de versos pelos funcionários do CASS e visitantes. Quarta-feira, 31/10, às 15h30, no Espaço de leitura Abgar Renault – Rua Afonso Cavalcanti, 455, sala 251, Cidade Nova.

OFICINA ESCREVENDO HISTÓRIAS – Dicas para escrever suas próprias histórias – Quarta, 31/10, às 14h na Biblioteca Escolar Municipal do Engenho Novo – Agripino Grieco – Rua 24 de maio, 1305.

NUMA FRAÇÃO DE SEGUNDOS: COMO RESSIGNIFICAR A VIDA – A autora Anna Claudia Ramos irá falar sobre o tema central do livro: superação, pois o personagem central da narrativa sofre um acidente e fica paraplégico. Irá contar como construiu este livro, como desenvolveu as pesquisas que fez com atletas paralímpicos, uma vez que o personagem se torna atleta e encontra no esporte a superação para sua vida. A ideia desse encontro também é fomentar o debate sobre o respeito às diferenças e sobre a questão da acessibilidade, a fim de que possamos construir uma sociedade mais justa e igualitária. Quarta-feira, 31/10 às 14h. Biblioteca Annita Porto Martins (Rio Comprido) Rua Sampaio Viana 357, Rio Comprido.

HÁ POESIA: DO ABANDONO AO SUBLIME – Encontro com a autora Ninfa Parreiras para tratar sobre a tentativa de ressignificar o resto, o lixo, o desprezado, tão presentes na nossa vida, ao caminhar pela cidade. A partir da leitura e reflexão sobre a obra “Donana e Titonho”, a autora vai discutir seu processo de criação e como a escrita pode ser um caminho na contramão da violência social. Quarta-feira, 31/10, às 14h, na Biblioteca Marques Rebelo (Tijuca) Rua Guapeni 61,Tijuca.

ENCONTRO COM A AUTORA THAIS LINHARES – Um encontro autora premiada que falará do prazer da leitura das imagens, doss bastidores de como se ilustra uma obra, de onde vem as imagens, a relação com nossa cultura, sociedade e tempo. E o inestimável valor que isso tudo tem para a representatividade de nosso povo e de nós mesmos. Quarta-feira, 31/10, às 10h. Biblioteca Volante (Administrativo na Biblioteca João do Rio – Irajá).

SARAU CULTURAL ROMÃ COM TRAVESSEIRO – Encontro literário realizado para crianças e adolescentes, com oficinas de poesia, bate-papos poéticos, mediação de leitura, desafios poéticos. E ao final, um Sarau com uma Batalhas de Poesia (poetry slam) apresentando possibilidades poéticas e estimulando potências criativas que impulsionem a expressão do afeto por meio da linguagem. Quarta, dia  31/10, às 14, no Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian.

RIO DE JANEIRO, CIDADE DE TERROR E MEDO – A contação traz como proposta levar o espectador numa jornada por um Rio de Janeiro bem diferente do conhecido pelos cartões postais. Uma jornada que começa quando o dia acaba e a escuridão e o mistério abraçam seus habitantes. Diversas histórias de locais assombrados, lendas urbanas e creepypastas recheadas de surpresas. Quarta-feira, 31/10, às 10h e às 13h, na Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga (Campo Grande) Praça Thelmo Gonçalves Maia s/nº.

BRINCADEIRAS E CANÇÕES INFANTIS AFRICANAS – Oficina direcionada ao público adulto, com objetivo de ensinar algumas brincadeiras recolhidas pelo autor Rogério Andrade Barbosa em diversos países africanos. Quarta-feira, 31/10, às 10h. Centro Cultural Municipal  Professora Dyla Sylvia de Sá – Rua Barão, 1180, Praça Seca.

NA GINGA DO SAMBA: LENDO MEMÓRIAS AFRODIASPÓRICAS – A oficina propõe um passeio lúdico pela Pequena África carioca, tendo o samba como protagonista, a fim de inspirar mediadores de leitura e educadores em suas práticas, a partir da cultura popular. Quarta-feira, 31/10, às 10h. Biblioteca José Bonifácio (Gamboa) – Rua Pedro Ernesto, nº 80 (Centro Cultural José Bonifácio).

 

1º DE NOVEMBRO

POEMAPA CARIOCA: PUBLICANDO CAMINHOS – Oficina prática de Zines (pequenas publicações artesanais feitas em número restrito), com o tema “Poemapa carioca – publicando caminhos”, onde cada participante será convidado a escrever um verso sobre sua rua, produzindo um olhar poético e ressignificando espaços. Quinta-feira, 01/11, às 14h, na Biblioteca José de Alencar (Santa Teresa) – Rua Monte Alegre, 306.

PROTEGENDO NOSSAS CRIANÇAS POR MEIO DA LITERATURA INFANTIL: “NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA!” – Apresentação do livro “Não me toca, seu boboca!” da escritora Andrea Viviana Taubman, com ilustrações de Thais Linhares, vencedor do Prêmio Neide Castanha 2018 na categoria “Produção de Conhecimento” (Aletria/2017)  para educadores (professores, bibliotecários, psicólogos, pedagogos, pais ou responsáveis, etc.) Quinta-feira, 01/11, às 14h, na Biblioteca Marques Rebelo (Tijuca) Rua Guapeni 61.

HISTÓRIAS DA ÁFRICA PARA CRIANÇAS – OGUM IGBO IGBO E O REI MOCHO –Narração de dois livros infantis que trazem contos da literatura oral africana, com figurinos que utilizam tecidos variados e materiais reutilizados e reciclados, remetendo aos países de origem das histórias narradas. Quinta-feira, 1º/11, às 14h, na Biblioteca José Bonifácio (Gamboa) Rua Pedro Ernesto, nº 80 (Centro Cultural José Bonifácio).

O CAMINHO DAS ESTÁTUAS – Apresentação de textos, poesias e músicas que marcaram grandes nomes que construíram nossa história literária e musical. Uma espécie de encontro na trilha cultural das estátuas que homenageiam os grandes artistas espalhados pela cidade, para o público jovem ou adulto que tenha interesse em conhecer um pouco mais da nossa poesia e de nossa música. Quinta, dia 01/11, às 10h, na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53.

CONTANDO UMA HISTÓRIA CHICO REI RENATO LIMA – Cortejo com estandartes e frases do poema de Solano Trindade “Tem Gente com Fome”, com instrumentos de percussão, com o objetivo de despertar e aguçar o imaginário das crianças e adolescentes e levá los para o acontecimento da história. Quinta-feira, 01/11, às 10h e às 13h. Espaço de leitura Fernando Sabino (Santa Cruz) – GUANDU Praça do Lote 219, Santa Cruz (Lona Cultural Municipal Sandra de Sá).

HISTÓRIAS FANTÁSTICAS QUE CRUZARAM O MUNDO – Histórias vindas de várias partes do mundo, não possuem autor determinado e que viajaram de boca em boca, dormiram na cabeça de alguns narradores e que serão contadas com corpo e a voz. Quinta-feira, 01/11, às 10h e às 13h, na Biblioteca Euclides da Cunha (Ilha do Governador) Praça Danaides s/nº, Cocotá.

 

4 DE NOVEMBRO

TRIBUTO A ZÉ ZUCA E SUA RÁDIO MALUCA, VIVA A LITERATURA PARA A CRIANÇA! – A apresentação será na forma de um grande programa de auditório como era a programação da Radio Maluca. Um grande espetáculo que estimula a participação das crianças, trazendo um conteúdo dedicado a infância, alinhando a literatura com outras linguagens artísticas. Domingo, 04/11 às 16h no Centro da Música Carioca Artur da Távola – Rua Conde de Bonfim, 824 -Tijuca.

 

5 DE NOVEMBRO

ARANDU LENDAS AMAZÔNICAS – ARANDU LENDAS AMAZÔNICAS – Apresentação interativa de lendas, mediação de leitura, pintura corporal indígena e dança toré para a interação, socialização e desenvolvimento da sensibilidade. Segunda-feira, 5/11 às 14h. Centro de Artes Calouste Gulbenkian – Rua Benedito Hipólito 125, Praça XI.

LIVROS NA PRAÇA – Distribuição de livros na Praça Chaim Weizmann, visando apresentar a Biblioteca aos frequentadores do local no horário do almoço. Homenagem ao Dia da Cultura. Segunda, 05/11, às 12h, na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo). Rua Farani, 53.

COMO O MERCADO EDITORIAL E AS EDITORAS DE LIVROS FUNCIONAM? – Aborda a ação dos grandes grupos editoriais estrangeiros, fusões, aquisição de selos e de pequenas editoras; a cultura de hits x cultura de nichos de mercado; dinâmicas da pequena, média e grande editora; formação de catálogo: a escolha dos títulos, autores e projetos; agentes literários; linhas editoriais e captação de originais. Segunda-feira, 05/11, às 10h. Biblioteca Machado de Assis ( Botafogo) – Rua Farani 53.

O DESASSOSSEGO DO LEITOR: A INTERNET ESTÁ MINANDO A PAIXÃO DE LER? – Palestra com finalidade de discutir a respeito das consequências dos atuais modos de realização da leitura, cada vez mais fragmentada, mobilizada pela internet. Segunda-feira, 05/11, às 14h. Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga (Campo Grande) – Praça Thelmo Gonçalves Maia s/nº.

CENÁRIOS DO RIO: FANTASIA, AVENTURA, MISTÉRIOS e LITERATURA! – E encontro com o escritor Luiz Antonio Aguiar, que tratará de Literatura POP como fantasia, aventura, mistério e outros tendo como cenários o Rio de Janeiro. Segunda-feira, 05/11, às 14h, na Biblioteca Cecília Meireles (Jacarepaguá) Praça Geraldo Simonard s/nº, Praça do Barro Vermelho (Lona Jacob do Bandolim).

 

6 DE NOVEMBRO

MIRELA E O DIA INTERNACIONAL DA MULHER – AS CONQUISTAS FEMINISTAS DE ONTEM, HOJE E AMANHÃ – Leitura dramatizada, em forma de jogral*, do livro infantil “Mirela e o Dia Internacional da Mulher”, encenada pela autora Ana Prestes e sua filha, Helena, que incorpora a personagem do livro. Terça-feira, 06/11 às 14h na Biblioteca Manuel Ignácio da Silva Alvarenga (Campo Grande) Praça Thelmo Gonçalves Maia s/nº.

FLORESTA ENCANTADA – O espetáculo com bonecos, músicas, adivinhações e outras brincadeiras populares, em que os protagonistas superam as dificuldades encontradas pelo caminho com muita esperteza, buscando sempre uma relação harmônica com o meio ambiente. O espetáculo interage com o público, que é estimulado a se tornar personagem das histórias, descobrindo os encantos da floresta e vencendo os desafios junto com os protagonistas. Terça-feira, 06/11, às 10h às 13h, no Espaço de leitura Fernando Sabino (Santa Cruz) – GUANDU, Praça do Lote 219, Santa Cruz (Lona Cultural Municipal Sandra de Sá).

RITMAR PALAVRAS, MUSICAR O CORPO E COLORIR O MUNDO. TRILHAS LITERÁRIASPARA A INFÂNCIA. QUALIFICAÇÃO, ATUALIZAÇÃO DE PROFESSOR(AS)ES – A oficina objetiva desenvolver as práticas de leitura, de escrita, de mediação e de formação cultural, a partir do livro “Jogando com o Samba”, da autora Dayse Angela do Nascimento Azevedo. Terça-feira, 06/11, às 10h. Centro Cultural Municipal  Professora Dyla Sylvia de Sá – Rua Barão, 1180, Praça Seca.

HISTÓRIAS EM MOVIMENTO – Oficina destinada ao público infantil, que tem como objetivo incentivar a leitura através da arte teatro de bonecos de forma criativa e prazerosa. As crianças vão criar peças através de histórias que falam das ruas do Rio de Janeiro e seus personagens mais marcantes. Terça-feira, 06/11, às 10h. Biblioteca José Bonifácio (Gamboa) – Rua Pedro Ernesto, nº 80 (Centro Cultural José Bonifácio).

DIVERSIDADE CULTURAL NA LITERATURA COMO ARTE – Em formato de palestra-oficina, será abordado o tema diversidade cultural na literatura infantil: cultura afro, indígena e diversidade religiosa e de gênero. Terça-feira, 06/11, às 14h. Espaço de Leitura Jorge Amado – Rua Ivanildo Alves, s/nº, Complexo da Maré (Lona Cultural Municipal Herbert Vianna).

ENCONTRO COM A ESCRITORA SANDRA PINA – Bate-papo com a escritora que apresentará os seus livros histórias têm uma relação direta com a cidade do Rio de Janeiro. Quarta-feira, 06/11, às 14h, na Biblioteca Marques Rebelo (Tijuca) Rua Guapeni 61.

O SUBÚRBIO DO REPINIQUE AO CLIQUE – Encontro literário com mesa de debate com dois professores de História e escritores atentos ao subúrbio carioca: Luiz Antonio Simas e Vitor Almeida, com mediação de Eduardo Ramos. Leituras e conversas sobre a História ligada às suas histórias de vida na Periferia. A classificação indicativa da atividade é de 14 anos, tendo como público-alvo historiadores, arte-educadores, gestores sociais, escritores, músicos, sociólogos e estudantes de Ciências Sociais, professores e estudantes de pedagogia, entre outros. Terça-feira, 06/11, às 14h. Biblioteca João do Rio (Irajá) – Avenida Monsenhor Félix 512.

 

7 DE NOVEMBRO

OFICINA DE LIVROS ARTESANAIS_TÉCNICA DA CARTONERA – A oficina tem como proposta a difusão da técnica de criação de cartoneras (técnica muito utilizada em países da América Latina), utilizando a linguagem da literatura e das colagens como elemento central para o desenvolvimento de livros artesanais, feitos com papelão. Quarta-feira, 07/11, às 14h. Centro de Artes Calouste Gulbenkian – Rua Benedito Hipólito 125, Praça XI.

 

8 DE NOVEMBRO

A LÍNGUA TUPI COMO RITUAL –  Apresentação que traz o ritual sagrado na língua ze’egte a arte do povo Guajajara para a cidade do Rio de Janeiro. Quinta-feira, 8/11 às 15h na Biblioteca João do Rio (Irajá) – Avenida Monsenhor Félix 512.

BIBLIOCICLETA – Intervenções artísticas com uma biblioteca itinerante. Quinta-feira, 08/11 às 14h, na  Biblioteca João do Rio (Irajá) Avenida Monsenhor Félix 512.

HISTÓRIAS QUE O VENTO TROUXE – Contação de histórias com fantoches, máscaras e dramatização teatral. Quinta-feira, 08/11, às 10h e às 13h, no  Espaço de leitura Fernando Sabino (Santa Cruz) – GUANDU Praça do Lote 219, Santa Cruz (Lona Cultural Municipal Sandra de Sá).

AGREGANDO: ENCONTRO DE CONTADORES DE HISTÓRIAS – Encontro para promover a troca de experiências, além de exercitar as técnicas de contação e pesquisa de repertório. Quinta, 08/11, às 14h, na Biblioteca Machado de Assis (Botafogo). Rua Farani, 53.

QUINTAS AFETIVAS – Roda de leitura para resgata da oralidade, da memória e da afetividade das narrativas de tradição oral. Em parceria com a Creche Institucional Paulo Niemeyer, Sônia Lima aborda como temáticas os valores, a cultura e a diversidade presente nas histórias de tradição oral. Quarta-feira, 08/11, às 15h30, no Espaço de leitura Abgar Renault – Rua Afonso Cavalcanti, 455, sala 251, Cidade Nova.

AS HISTÓRIAS QUE AS ILUSTRAÇÕES NOS CONTAM – ANIELIZABETH BEZERRA CRUZ – Encontro com a Ilustradora que nos falará sobre “Como nascem as ilustrações?”, “de onde vêm as ideias?”, como iniciou a sua caminhada artística até começar a publicar. O bate-papo será entremeado com o manuseio de alguns de seus livros e de alguns originais. Quinta-feira, 08/11, às 14h, no Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá – Rua Barão, 1180 – Jacarepaguá.

ENCONTRO COM O ESCRITOR ALEXANDRE DE CASTRO GOMES – O escritor apresentará a sua obra e relatará suas experiências, com dicas do mercado literário  e exemplos de ações realizadas em prol da disseminação da literatura. Quarta-feira, 24/10, às 14h, na Biblioteca Cecília Meireles (Jacarepaguá) – Praça Geraldo Simonard s/nº, Praça do Barro Vermelho (Lona Jacob do Bandolim).

CONTANDO HISTÓRIAS E AQUARELANDO A VIDA -Gizele Santos, contadora de histórias, apresentará os livros ilustrados por Zeca Dâmaso, que desenvolverá, com ampla participação dos presentes, uma breve oficina de ilustração, destacando a técnica de aquarelas. Quinta-feira, 08/11 às 14h – Biblioteca José de Alencar (Santa Teresa) Rua Monte Alegre, 306 (Centro Cultural Laurinda Santos Lobo).

 

 

9 de NOVEMBRO

PANORAMA VISTO DA PORTA – ENCONTRO COM AYDANO ANDRÉ MOTTA – O roteiro do debate é inteiramente construído a partir do livro “da minha porta vejo o mundo”, que conta com fotos de Paulo Marcos de Mendonça Lima. A publicação também teve a colaboração do jornalista Maurício Fonseca. Haverá sorteio de livro do autor.  Sexta-feira, 09/11, às 14h, na Biblioteca Annita Porto Martins (Rio Comprido) Rua Sampaio Viana 357.

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COM CLAUDIA GOMES – Sexta, 09/11, às 10h, na Biblioteca Escolar Municipal do Engenho Novo – Agripino Grieco – Rua 24 de maio, 1305.

LEITURAS IMPERDÍVEIS – Momentos informais de leitura e conversa com leitores, com escritores e especialistas em literatura. Com a participação do premiado contista João Paulo Vaz e a jornalista, escritora, também premiada, Marta Barcellos, para conversar sobre Trilhas literárias e identidades culturais, por meio do enredo de suas obras. Sexta-feira, 09/11, às 14h. Biblioteca Machado de Assis. Rua Farani, 53 Botafogo.

LITERACIDADE -Encontro literário que debate a identidade cultural do Rio de Janeiro com a escritora Eliana Alves Cruz, que apresenta seu livro O crime do Cais do Valongo (Editora Malê) e o pesquisador Vagner Amaro, que apresenta o livro, organizado por ele, Lima Barreto para jovens leitores (Editora Autêntica). A dinâmica do encontro consiste em bate-papo mediado e participação da plateia com perguntas. Sexta-feira, 09/11 às 14h. Biblioteca José Bonifácio (Gamboa) Rua Pedro Ernesto, nº 80 (Centro Cultural José Bonifácio).

O ÍNDIO E A ÁRVORE DA BATATA FRITA -Roda de Contação da história que fala das diferenças culturais povos indígenas e cidade grande, contadas com peças cenográficas, músicas e tambor. Sexta-feira, 09/11 às 10h e às 13h no Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá –  Rua Barão, 1180 – Praça Seca.

O RIO TEM MUITA HISTÓRIA – Espetáculo que reúne contos e lendas, poesias e brincadeiras da literatura oral, acompanhados de cantigas populares tradicionais  do estado do Rio Janeiro e mais fortemente da capital. Será realizado de forma interativa, onde o público é convidado a participar seja diretamente das histórias, ou acompanhando e dançando algumas cantigas de roda, do povo guarani, de folias de reis, jongo, samba e ainda participando de brincadeiras literárias populares como adivinhas, trava-línguas dentre outras que se mantém vivas na oralidade do carioca. Sexta-feira, 09/11 às 10h e às 14h. na Biblioteca José de Alencar (Santa Teresa) Rua Monte Alegre, 306.(Centro Cultural Laurinda Santos Lobo).

PALCO LITERÁRIO/ O HOMEM QUE SABIA JAVANÊS – apresentação do livro de Lima Barreto, visando a difusão de autores consagrados e o incentivo à leitura, além de promover reflexões acerca de temas abordados nas obras, traçando paralelos com o contexto atual de nosso país, seguido de um debate, para estudantes de escolas públicas e toda a população em geral. Sexta-feira, 09/11 às 10h. Biblioteca Volante (Administrativo na Biblioteca João do Rio – Irajá).

 

10 DE NOVEMBRO

LEITURA DRAMATIZADA “AMOR POR ANEXINS OU UMA CONSULTA” – Leitura dramatizada da história construída de jogos de palavras e ditados populares. Além de mostrar os costumes de uma época gloriosa do Rio de Janeiro, promove uma reflexão bem-humorada sobre amor, ambição, dinheiro e casamento. Sábado, 10/11, às  10h e às 14h, na Biblioteca Marques Rebelo (Tijuca) Rua Guapeni 61,Tijuca.

SARAU DIVERSOS POEMAS CLÁSSICOS NA VOZ DE MULHERES DO SÉCULO XXI – Encontro de mulheres para a interpretação de textos que revelam a alma feminina com objetivo de apresentar, através da palavra, um panorama da luta da mulher através da história. O espetáculo reunirá mulheres marcantes na sociedade: uma professora, uma escritora, uma dançarina, uma atriz , uma contadora de histórias, uma ativista do movimento negro e uma ilustradora através de perfomances com apresentação de poemas, de mediação de leitura e  interpretação de canções. Ao final, sorteio de livros de escritores como Andrea Teles, Norma Rosa Lima, e Anamô Soares. Sábado, 10/11, às 13h. Biblioteca Machado de Assis (Botafogo) – Rua Farani, 53.

MEU CORPO É POESIA – Breve exposição sobre o que é cultura surda e em seguida, um “slam”: declamação de poesia em português e em LIBRAS; ao fim, o palco estará aberto para a livre expressão da pessoa surda. Sábado, 10/11 às 10h.  Biblioteca Euclides da Cunha (Ilha do Governador) Praça Danaides s/nº, Cocotá.

 

11 de NOVEMBRO

CANTANDO SYLVIA ORTHOF – Show/espetáculo de poemas de musicados Sylvia Orthof por Marco Aurêh. Tem como compromisso o respeito à criança como ser que pensa, sente e se expressa por meio da arte. Conduz o espectador por uma lúdica viagem musical percorrendo as regiões do Brasil num trem imaginário, guiado pelo boneco Zé Vagão (cujo nome homenageia o último texto teatral de Sylvia Orthof, Zé Vagão da roda fina e sua mãe Leopoldina).  Domingo, 11/11 às 16h. Centro da Música Carioca  Artur da Távola Endereço Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca.

SARAU CIGANO – Divulgação da Cultura Cigana através das apresentações de música, dança e poesia, com plena interação do público, que acompanhará a programação com um livreto contendo todas as músicas e poesias. Domingo, 11/11, às 10h. Centro Cultural Municipal Dyla Sylvia de Sá. – Rua Barão, 1180 – Praça Seca.

Veja mais artigos
Load More In Diversos

Verifique também

Theatro Municipal abre a Temporada 2021 Abertura On-Line

No mês em que a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro completa 90 ano…