Home CAPA Mocidade Independente de Padre Miguel já tem samba

Mocidade Independente de Padre Miguel já tem samba

0

Depois de dois meses de disputa, a Mocidade Independente de Padre Miguel definiu o samba-enredo para o Carnaval 2019 já na manhã deste domingo. Das 20 obras inscritas, venceu a composta por Jefinho Rodrigues, Diego Nicolau, Marquinho Índio, Jonas Marques, Richard Valença, Roni Pit Stop, Orlando Ambrósio, Cabeça do Ajax. Três dos sete autores que assinam a obra já haviam ganho disputa de samba na Mocidade.

– É como se fosse a primeira vez. Já ganhei várias vezes, mas é sempre uma emoção indescritível. Disputamos uma final de altíssimos nível, mas tenho certeza que o nosso samba tocou no coração do independente. A nossa parceria é feita por torcedores da escola, e isso foi primordial. O nosso samba é pautado na história de cada componente da Mocidade. Os nossos mestres, os nossos ídolos. A Mocidade será a última desfilar e emocionará com esse samba – ressaltou Jefinho Rodrigues, que agora chega a nove composições na história da agremiação e se iguala ao grande Dico da Viola. Ambos só ficam atrás de Tôco.

Além de Jefinho Rodrigues, Diego Nicolau (3 vezes), Marquinho Índio (7 vezes) e Jonas Marques (2 vezes) aumentaram o número de conquistas no hall de vencedores independentes. O restante da parceria venceu pela primeira vez. O vice-presidente Rodrigo Pacheco exaltou o processo de escolha de samba da verde branca.

– Me sinto muito orgulhoso de ver essa quadra lotada, de ter vivido essa disputa tão acirrada. Vejo a disputa de samba-enredo como algo primordial dentro de uma escola de samba. E sempre vamos motivar essa disputa democrática. Aqui na Mocidade, cada componente se manifesta para o samba de preferência, e tem diversas oportunidades para votar. Não sou eu que escolho o samba. É a escola, que mais uma vez nos deu o ”norte” ideal.

Última escola a desfilar na segunda-feira de folia, a Mocidade Independente de Padre Miguel levará para a Avenida o enredo ”Eu sou o tempo. Tempo é vida”, que será desenvolvido pelo carnavalesco Alexandre Louzada. A escola já começa a ensaiar na próxima quinta-feira, a partir das 20h30, no Centro Social e Cultural, antiga quadra da Vila Vintém. Confira abaixo a letra do samba:

Compositores: Jefinho Rodrigues, Diego Nicolau, Marquinho Índio, Jonas Marques, Richard Valença, Roni Pit’sTop, Orlando Ambrosio e Cabeça do Ajax

OLHA LÁ MENINO TEMPO

TENHO TANTO PRA CONTAR

ERA EU, GURI PEQUENO

PÉS DESCALÇOS, MEU LUGAR

QUANDO UM TOCO DE VERSO ÔÔÔ

SEMEOU A POESIA ÊLÁIÁ

 

EU COLHI À FLOR DA IDADE

FIZ DE MINHA MOCIDADE

O RAIAR DE UM NOVO DIA

 

BAILA NO TEMPO, DEIXA O TEMPO PARAR

NAS VIRADAS DESSA VIDA, VOU SEGUIR MEU CAMINHAR

AH QUEM ME DERA VER O TEMPO VOLTAR

E REENCONTRAR O MESTRE NA AVENIDA

 

DESMEDIDO CORAÇÃO

NO CONTRATEMPO DESSA ILUSÃO

ORA MACHUCA, ORA “CURA DOR”

DO MEU DESTINO COMPOSITOR

TEMPO QUE FAZ A VIDA VIRAR SAUDADE

GUARDA MINHA IDENTIDADE

INDEPENDENTE RELICÁRIO DA MEMÓRIA

PADRE MIGUEL O TEU GURI JÁ NÃO CAMINHA TÃO DEPRESSA

MAS NUNCA É TARDE PRA SONHAR

VAMOS LÁ A HORA É ESSA

 

SENHOR DA RAZÃO, A LUZ QUE ME GUIA

NOS TRILHOS DA VIDA ESCOLHI TE AMAR

ESTRELA MAIOR, PAIXÃO QUE INEBRIA

EU CONTO O TEMPO PRA TE VER PASSAR

 

Foto Eduardo Hollanda

Veja mais artigos
Load More In CAPA

Verifique também

“Footsteps on the wind”, está qualificado para o Oscar 2022

O curta-metragem “Footsteps on the Wind”, uma produção conjunta entre Brasil, …