Home CULTURA Diversos Um ano do Cais do Valongo como Patrimônio da Humanidade reúne representantes do movimento negro

Um ano do Cais do Valongo como Patrimônio da Humanidade reúne representantes do movimento negro

0

A Secretaria Municipal de Cultura celebrou um ano da titulação do Cais do Valongo como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, na manhã desta segunda-feira. A cerimônia foi marcada pela 7ª Lavagem do Cais do Valongo e pelo abraço simbólico ao espaço. A secretária municipal de Cultura, Nilcemar Nogueira, ressaltou a importância de louvar os ancestrais.
“Hoje lembramos os homens negros escravizados que ajudaram a construir esse patrimônio. É muito significativo lembrar da maior porta de escravizados para que possamos refletir. Já não é sem tempo que precisamos rever uma forma de reparação. Precisamos tornar toda essa história conhecida e a valorizar a herança africana”, afirmou ela.

Para a secretária, a cerimônia marca também o início de uma nova história para a construção do Museu da Escravidão e da Liberdade: “Temos que dar continuidade à luta social. Luta para erguer nosso Museu da Escravidão e da Liberdade. Um equipamento que precisa ser erguido com missão de responsabilidade social, em que vamos trabalhar para garantir de direitos, combater a desigualdade e o racismo”.

Ya Mãe Edelzuita, presidente do Instituto Nacional e Órgão Supremo Sacerdotal da Tradição e Cultura Afro-Brasileira, deu início à Lavagem do Cais do Valongo em 2012, um ano após a descoberta do espaço. “Quando começaram a fazer as escavações, fui chamada para participar do circuito e identificar os pertences dos africanos encontrados aqui”, relembra ela. “Entre o que as peças estava uma carreirinha de búzios. Eu peguei 16 para jogar e saber o que nossos ancestrais queriam. E então eles pediram uma oferenda. Arrumei tudo, trouxe, e assim acontece todo ano”.

Para a bisneta da Tia Ciata  Gracy Mary Moreira, a lavagem é essencial para purificar e trazer energias boas ao Cais do Valongo. “Queremos respeito pelas religiões. O abraço simboliza a amizade e a união que um povo deve ter não só em beneficio de um grupo mas de uma nação”.

Fotos: Eduardo Rocha

Veja mais artigos
Load More In Diversos

Verifique também

Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro comemora 90 anos

Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro completa 90 anos, serão apresen…