Home MÚSICA Pedro Gama faz MPB alternativa no divertido clipe “Pipa Avuada”

Pedro Gama faz MPB alternativa no divertido clipe “Pipa Avuada”

0

Faixa é uma carta de amor memorialista

Cantor e compositor que fez da rua e sua energia em forma de inspiração, Pedro Gama volta ao passado para iniciar sua próxima fase na carreira. “Pipa Avuada” é uma crônica memorialista sobre como é crescer no subúrbio e os conselhos que ouvia de sua mãe. O vídeo unindo passinho e uma rua tipicamente suburbana tem a intenção de provocar essa sensação de viagem no tempo. A música está disponível em todas as plataformas de streaming.

Ouça “Pipa Avuada”: https://smarturl.it/PipaAvuada

Essa música fala de três coisas bem específicas: memória afetiva, representação e crescimento. Eu quis apresentar símbolos que, na minha infância, foram importantes, e que de certa forma me moldaram como um adulto, podendo olhar pra trás com carinho,  como o ‘fliper’ na padaria; o tio que ficava sentado tomando uma – que curiosamente, hoje esse tio sou eu; a mãe de algum amiguinho ou amiguinha que vendia sacolé na porta de casa e claro, a pipa que ‘avuava’ do nada e a molecada saia correndo igual uns loucos pra ver quem pegava, só pela diversão. Já no que faz referência ao crescimento, o título de ‘Pipa Avuada’, toma outra conotação. Como adulto, é como ser meio deslocado, meio doido, meio artista”, se diverte.

Unindo a boemia do samba com a energia do rock, o cantor e compositor estreou cantando os bares e o cotidiano no EP “Condôminos”, de 2016.  Ao ouvir as composições de Gama, é como se a batucada e a distorção saíssem para dançar na noite e encontrassem a psicodelia e o erudito.

As influências de  Pedro Gama vêm de grandes clássicos do samba carioca, como Candeia, sem deixar de lado a identificação com a MPB de Sérgio Sampaio e Jards Macalé, o tropicalismo e a psicodelia brasileira dos anos 70. A vida livre que o levou à música, também trilhou o caminho que o encaminhou para apresentar-se em importantes palcos, e o traz de volta nesse primeiro single de uma nova fase, explorando tons do funk carioca e de outras sonoridades.

“Essa música,no palco, transbordava uma energia de muita alegria, de nostalgia, quase uma catarse, quando as pessoas cantam junto com a banda. Ela estava guardada há 3 anos e pareceu ser um passo necessário para minha carreira pra tentar passar tudo aquilo que a gente sente no palco, toda aquela alegria que a gente trocava em forma de um clipe”, conta Pedro.

Com participação do projeto Passinho Carioca, o clipe foi dirigido por Beto Waite e Zé Pereira. “Pipa Avuada” está disponível em todos os serviços de streaming de música.

Ficha técnica

Pedro Gama – vozes; composição; arranjo; produção

Arthur Moreno – Beat; sound design; guitarra; arranjo

Fafa Oliveira – Composição; captação; Baixo; arranjo; mixagem

Gabriel Diniz – guitarra

Bruno Sanson – masterização

Israel Claro – bateria

Cesar Lira – percussão

Junior Rocha – teclado

Direção: Beto Waite e Zé Pereira

Produção executiva: Zé Pereira

Produção: Iole Melo

Elenco: Pedro Gama e Ruan Murilo

Beleza: Suzane Frota

Assistentes de produção: Jessica Loro, Stéfany Gama, Thiago de Paula, Veridiane Vidal, Ruan Giosepe, Shikko Alves

Soltador de pipa: José Ribas

Making of: Ricardinho Gomes/Favelado Filmes

Agradecimentos:  Vânia Luiza, Lídia Marina Gama e Marina Campello, Passinho Carioca

Veja o clipe:

Veja mais artigos
Load More In MÚSICA

Verifique também

Clássico do Clube da Esquina ganha versão rock pela Unabomber

Mensagem de “Canoa Canoa” casa com discurso de banda fluminense “Canoa Canoa” é uma música…