Home CULTURA Diversos Casa do Jongo faz festa de encerramento neste sábado

Casa do Jongo faz festa de encerramento neste sábado

0

O ano de 2019 para a Casa do Jongo certamente não ficará esquecido. Foi um ano difícil, de luta e perdas, mas também de avanços e conquistas. Para fechar com astral alto, a Associação Grupo Cultural Jongo da Serrinha realiza, no próximo sábado (14), das 10 às 15 horas, uma grande confraternização entre alunos, professores, colaboradores e claro toda a comunidade jongueira, incluindo o público que gosta e frequenta a Casa do Jongo.

A festa será na própria sede, na Rua Silas de Oliveira, em Madureira. Um dia inteiro recheado de muita alegria, com recreação, percussão afro, danças urbanas, samba, capoeira, teatro e apresentações de literaturas, inclusive novos jongos, com autoria das crianças atendidas pela instituição. “Fiquei muito feliz com essa notícia, dada em nossa ultima reunião com os professores. Faremos uma grande roda para que os próprios alunos possam tocar e cantar esses pontos inéditos. Quanto mais jongo melhor. Manter firme e forte esse trabalho com as crianças é o nosso maior motivo de agradecimento por esse ano que se finda. Tia Maria lá do alto nos abençoa e guia os nossos passos e nós aqui continuamos fazendo o nosso melhor”, fala a emocionada e saudosa coordenadora artística, Lazir Sinval.

A ideia é confraternizar. A comemoração, que vai contar com os alunos e toda a equipe que trabalha no dia a dia na Casa do Jongo, também é aberta ao público. No cardápio gastronômico da festa, uma especial e deliciosa sopa de ervilha será servida para os convidados. E como em todo fim de ano, não faltarão presentes para a criançada. A ONG criou uma campanha, que ainda encontra-se aberta, para quem quiser doar brinquedos e materiais educativos.

O Jongo da Serrinha completará 60 anos em 2020 e o popular ditado a união faz a força é uma realidade para que sua sede, a Casa do Jongo, possa atender as cerca de 400 crianças em diversas atividades educacionais, sociais e culturais realizadas anualmente. Hoje, para se manter ativa, conta apoio da Fundação Cultural Palmares e patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, assim como de uma campanha na Benfeitoria.  Lazir lembra que é exatamente esse apoio e união que sempre fazem a diferença e explica que sem os colaboradores não teriam condições de continuar.

“Estamos sempre abertos para a comunidade e queremos mesmo que todos que gostam e frequentam a Casa possam fazer parte do seu dia a dia. Assim, além da festa no próximo sábado (14), faremos um mutirão do dia 16 a 20 de dezembro, das 10h às 17h, para fecharmos o ano, com a nossa sede limpa, pintada e bem cuidada. Quem quiser nos ajudar, é só chegar. Temos certeza que juntos, em 2020, teremos uma Casa do Jongo ainda mais organizada, bonita, acolhedora e forte para um novo ano de muita alegria, realizações e conquistas”, finaliza a coordenadora.

Veja mais artigos
Load More In Diversos

Verifique também

Literatura e Histórias para crianças de todas as idades

Um grande encontro entre narradores, escritoras, arte-educadores, artistas do universo da …