Home SHOWS Festa de lançamento do Projeto “Senhoras do Calendário 2020” no Imperator

Festa de lançamento do Projeto “Senhoras do Calendário 2020” no Imperator

0

Uma lição sobre poder desfrutar da delícia de ser o que é e fazer de seu corpo o que quiser

O incansável produtor Eduardo Araúju lança mais uma edição do bem-sucedido projeto  “Senhoras  do Calendário”  no dia 12 de novembro, a partir das 14h, no Centro Cultural João Nogueira – Imperator, no Méier. É o décimo-quarto calendário ilustrado com fotos de mulheres de mais de 60 anos, desta vez tendo a arte da tatuagem como tema. Todas senhoras de si e de seus corpos, que posaram em ensaios sensuais.

“A ideia da foto será nu sensual, e as tatuagens serão representativas. A proposta é falar de uma geração que, independentemente da idade, pode ter seu corpo tatuado e das gerações de hoje que vão envelhecer com suas tatuagens”, explica Eduardo Araúju, famoso por seus projetos de elevar a autoestima das mulheres: todas elas, de todas as idades, que vistam todos os tamanhos de manequim, de toda e qualquer classe social ou condição.

Com entrada gratuita, a festa de lançamento do “Senhoras do Calendário 2020” apresentará um desfile das modelos que posaram para o projeto, contando com a participação especial do Mr e Miss Rua, outro projeto transformador e de inclusão idealizado por Eduardo Araúju, voltado para o público em situação de rua, atendido no Centro Pop José Saramago, espaço mantido pela Prefeitura do Rio. O Miss Rua é fruto de uma parceria entre Araúju e a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos – por meio do Projeto Circulando, voltado para acessibilidade cultural.

“Chegar à 14ª edição é celebrar a vitória de um projeto que visa a dar visibilidade a essas mulheres que todo dia se propõem a continuar escrevendo suas histórias se sentindo vivas e incluídas numa sociedade que ainda insiste em enfatizar a pujança da juventude. A reflexão se faz! É chegada a hora de valorizar quem muito fez e contribuiu para a sociedade. Para os familiares, é questão de gratidão. Este ano, colocamos em pauta a arte da tatuagem por meio da arte gráfica do designer Igor Vieira e da fotografia de Pablo Rocha. Quem ditou que a maturidade não possa tatuar seu corpo? Aprender a respeitar a vontade dos outros é reforçar que cada um faz do seu corpo aquilo que seu pensamento e sua vontade lhe permitam fazer. Eu espero ver pessoas livres de convenções, ditaduras e modismos. Quero ver pessoas sendo pessoas, livres de preconceitos e com liberdade de ser quem quiser ser”, empolga-se Araúju, que tem como missão transformar a vida das pessoas e realizar os sonhos delas.

Criado por Eduardo Araúju em 2006, o projeto foi inspirado no filme inglês “Garotas do calendário”, de 2003. Além de valorizar mulheres na terceira idade, a proposta de “Senhoras do Calendário” é arrecadar fundos para instituições que atuem no apoio a pessoas com dificuldades em diversos segmentos, como crianças, idosos, carentes, vulneráveis e dependentes químicos.

A cada ano, é escolhido um tema. Para 2020, foi escolhido a arte da tatuagem para falar do poder que cada pessoa tem sobre seu próprio corpo.

Serviço:

Lançamento do “Senhoras do Calendário 2020”

Centro Cultural João Nogueira – Imperator

Rua Dias da Cruz 170, Méier

Entrada gratuita

Veja mais artigos
Load More In SHOWS

Verifique também

Overfuzz lança o diversificado e roqueiro Signs of Reality

Power trio goiano mostra evolução e mente aberta em 11 faixas em novo disco, lançado pela …