Home CULTURA Diversos Evento comemora os cincos anos do Carimbó como Patrimônio Cultural do Brasil

Evento comemora os cincos anos do Carimbó como Patrimônio Cultural do Brasil

0

No dia 11 de setembro de 2014 o Carimbó foi declarado Patrimônio Cultural do Brasil. No Rio, os cinco anos deste importante registro será comemorado em grande estilo no dia 13 de setembro (sexta-feira) no Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (CNFCP-Iphan), o Museu de Folclore Edison Carneiro. O museu do Catete vai receber o público para um show e roda de conversa gratuitos com duas grandes mestras do Carimbó vindas do Pará especialmente para a ocasião: Claudete Barroso e Raimunda Carvalho (mais conhecida como Mestra Bigica) são integrantes do grupo paraense Sereia do Mar, o primeiro do Brasil formado só por mulheres. O evento começa com o bate-papo às 16h e segue com um show  aberto ao público.

O evento é uma edição do projeto Um dedo de prosa, que tem o objetivo de promover debates sobre temas no campo das culturas populares. Desta vez, como parte da exposição “Pau, corda, cores e (re) invenções: instrumentos e artesanatos do Carimbó”,  em cartaz na Sala do Artista Popular, no Museu de Folclore Edison Carneiro, o bate-papo,  mediado pela chefe do Setor de Pesquisa do CNFCP-Iphan, Elizabeth Costa,  vai contar um pouco das história das mestres do Carimbó.

O grupo Sereia do Mar, fundado há mais de 20 anos na zona rural de Marapanim, no Pará, e que tem a mestra Bigica como uma de suas fundadoras, é muito importante na cena do Carimbó, sendo composto e articulado por mulheres que cantam, tocam e dançam. Elas vêm protagonizando uma discussão fundamental  sobre a importância das mulheres nessa manifestação e nas culturas populares de modo geral.  Formado por agricultoras familiares, o grupo das mulheres  desafia o padrão dominante e revela as mudanças que estão ocorrendo no universo do Carimbó, com uma crescente participação e protagonismo feminino não apenas nas rodas de dança, mas também nos conjuntos musicais e nas funções de criação artística. Uma nova abordagem que mostra o olhar da mulher e sua sensibilidade para as coisas ao seu redor, matéria prima das composições do Sereia do Mar.

Ao fim da conversa, as mestras realizarão uma roda de Carimbó com a participação de Silvan Galvão, mestre de carimbó do Oeste do Pará, que, através do grupo Carimbloco, criado e conduzido por ele, tem difundido a cultura popular paraense no Rio de Janeiro.

Serviço
Um dedo de prosa – roda de conversa com mestras do Carimbó e Roda de Carimbó

Dias e horário – 13 de setembro, das 16h às 19h
16h – Um dedo de prosa – roda de conversa com as mestras paraenses  do Carimbó Claudete Barroso e Raimunda Carvalho e o mestre Silvan Galvão e seu grupo Carimblobo

17h – Show de Carimbó – com as mestras paraenses  Claudete Barroso e Raimunda Carvalho e o mestre Silvan Galvão e seu grupo Carimbloco

Local
Sala Multimídia do Museu de Folclore Edison Carneiro

Endereço:
Rua do Catete, 179, Catete, Rio de Janeiro/RJ
Entrada franca, sujeita à lotação do espaço

Foto Roberta Brandao

Veja mais artigos
Load More In Diversos

Verifique também

Última semana para conferir o Morar Mais por Menos

Uma das novidades do evento é o quarto infantil projetado pelas arquitetas Rachel França e…