Home CARNAVAL Rio Prêmio Machine 2019 – Bastidores do Carnaval Carioca

Prêmio Machine 2019 – Bastidores do Carnaval Carioca

0

Serão 20 profissionais premiados, distribuídos em três categorias e subdividida em vinte modalidades. A 4ª Edição do Prêmio Machine será realizada no dia 25 de março, segunda-feira às 19h no Centro Cultural João Nogueira (Imperator).

O Prêmio Machine nasceu em 2016, idealizado por Cátia Calixto, coordenado por Denise Pinto Pereira e Elizabeth Rodrigues. Com o perfil de premiar àqueles que aos olhos de uma maioria, não passam de ilustres desconhecidos, atuando ou desfilando pela passarela do samba anonimamente.

O evento foi inspirado na história de José Carlos Farias Caetano, o Machine. Ele está na passarela do samba desde a sua fundação, começou como faxineiro, depois de fazer de tudo no carnaval, virou o Síndico da Passarela. O Prêmio Machine, além de homenagear o próprio, é uma premiação extraoficial dos Bastidores do Carnaval Carioca.

Os homenageados deste ano serão:

Especial – Milton Cunha – Por sua contribuição cultural e glamorosa como pós-doutor pela Escola de Belas Artes da UFRJ, artista plástico, carnavalesco, cenógrafo, comentarista e agitador cultural multimídia. Elevando e mantendo a tradição cultural popular não só do Rio, mas de todo o país.

Hors Concours – Silvinho Fernandes – Por suas inúmeras participações em concursos de fantasias, e sua experiência de décadas como destaque nos carros alegóricos das escolas de samba.

Lenda Viva do Carnaval – Carlinhos Madrugada – Pelo samba de enredo antológico ‘Sublime Pergaminho’ regravado por vários artistas, um presente de Nilton Russo, Zeca Melodia e Carlinhos Madrugada. Uma comprovação de que arte não tem prazo de validade, e este já passa dos 50 anos.

Prata da Casa – Essa homenagem foi pensada para valorizar e agradecer ao trabalho exaustivo da Equipe Machine, que atua incansavelmente nas madrugadas de ensaios das Alas coreografadas, Casais de Mestre Sala e Porta Bandeira, Comissões de Frente, Baianas, Baterias etc.

Wikibamba – Vilma Nascimento – O Cisne da Passarela, apelido dado pelo jornalista Valdinar Ranulfo, colunista do jornal carioca ‘Última Hora’, na década de 1960 por sua elegância e impressão de novo estilo de bailado como Porta Bandeira.

Os indicados ao Prêmio Machine 2019 são:

Categoria Serviços

Limpeza:

Ana Cristina da Silva Santos

Emilton dos Santos Silva

Maria Elisa Graciano de Almeida

 

Segurança:

Lúcia Nóbrega

Major Wellington Medeiros

Sylvio dos Santos Filho

 

Categoria Cobertura Jornalística

Assessoria de Imprensa:

Alexander Soares – Império Serrano

Helder Martins – Unidos da Ponte

Simone Fernandes – Viradouro

 

Fotógrafo:

Elias Sansão

Widger Frota

William Meirelles (Shampoo)

 

Jornal e Revista (Físico e/ou Online):

Jornal Ritmo Carioca

Revista Cartilha do Samba

Revista Explosão In Samba

 

Rádio e Web Rádio:

Rádio 94 FM (Marcelo Pacífico – Vai Dar Samba)

Rádio Point Web

Web-Rádio Carnavalizando

 

Site e Blog:

Carnaval-De-Rio.FR

Empodera Samba

Galeria do Samba

 

TV e Web TV:

Alegria Cachambi

Mais Carnaval

Os Carnavarizados

 

Categoria Preparação de Desfiles

Ala da Força (Empurradores):

Grande Rio

Salgueiro

São Clemente

 

Apoio de Destaque:

Alexandra (Portela)

André (Destaque Dill San – Vila Isabel)

Paulo Vítor Lima (Salgueiro)

 

Apresentador (a) de Casal de Mestre Sala e Porta Bandeira:

Ana Lessa (Mangueira)

Geusa (Unidos da Tijuca)

Sérgio Preto Velho (Vila Isabel)

 

Coreógrafo (a) de Ala:

Fábio Figueira (Tuiuti)

Jansen (Unidos da Tijuca)

Júlio César Nascimento (Viradouro)

 

Coreógrafo (a) da Ala de Passistas:

Kriollo Bara – Thiago (Porto da Pedra)

Nilce Fran (Portela)

Valci Pelé (Viradouro)

 

Coreógrafo (a) de Comissão de Frente:

Ariadne (Estácio de Sá)

Jardel (Unidos da Tijuca)

Leandro Azevedo (Ilha do Governador)

 

Destaque (Fantasia):

Dill San (Senhor do Tempo – Vila Isabel)

Nelcimar Pires (Arauto de São Pedro – Vila Isabel)

Simone Drumond (Filha do Rei Midas – Imperatriz)

 

Diretor (a) de Ala das Baianas:

Vera Lucia (Vila Isabel)

Tia Glorinha (Salgueiro)

Tia Nanci e Bira (Renascer de Jacarepaguá)

 

Diretor (a) de Harmonia:

Arinaldo (Império da Tijuca)

Júlio Orlandi (Mangueira)

Yuri Silva (Unidos da Tijuca)

 

Escola de Samba Mirim:

Mangueira do Amanhã

 

Mestre de Bateria:

Chuvisco – Estácio de Sá

Fafá – Grande Rio

Macaco Branco – Vila Isabel

 

Velha Guarda:

Cubango

Império Serrano

Mocidade

 

Serviço:

4ª Edição do Prêmio Machine – Bastidores do Carnaval Carioca

25 de março – Segunda-feira – 19h (pontualmente)

Centro Cultural João Nogueira – Imperator

Rua Dias da Cruz, 170 – Méier – RJ

Entrada: Somente para convidados e mediante apresentação do convite impresso do Imperator.

Traje: Passeio (Esporte Fino)

Design Artístico = Daniel Luan

Veja mais artigos
Load More In Rio

Verifique também

Unidos da Ponte vai encomendar o Samba 2020

O presidente Rosemberg mandou uma nota esclarecendo o motivo da encomenda do samba. Veja a…